Domingo Aéreo 2015 na Academia da Força Aérea.
3386
post-template-default,single,single-post,postid-3386,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode-theme-ver-18.1,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.2,vc_responsive
 

Domingo Aéreo 2015 na Academia da Força Aérea.

Domingo Aéreo 2015 na Academia da Força Aérea.

O nascer do sol no sábado, dia 22 de Agosto encontrou-me na estrada , na MG 050 , a caminho do estado de São Paulo. Acompanhado do amigo Roberto Caiafa, conhecido jornalista da área de defesa, eu dirigia meu carro em direção a Bebedouro, onde pretendia visitar o Museu Matarazzo, ali localizado. Após me deleitar com as belas paisagens do sudoeste mineiro entramos no estado mais rico do país e ao fim de uma jornada de quase 9 horas chegamos ao nosso destino. A visita a este fantástico Museu será em breve matéria em uma de nossas reportagens. Após a visita, de novo na estrada e algumas horas depois nos hospedamos em Leme, cidade ao sul de Pirassununga. Faltando uma semana para o evento na AFA não havia mais vaga na rede hoteleira da cidade  e os visitantes se hospedaram  nas cidades vizinhas. Um merecido descanso me aguardava e acordei no dia seguinte renovado para o Domingo Aéreo.

Academia da Força Aérea

A Academia da Força Aérea origina-se da Escola de Aeronáutica, criada em 1941, alguns meses após  o início das atividades do Ministério da Aeronáutica. Foi resultado da fusão das duas escolas de formação existentes, do exército e da marinha, sendo instalada no Campo dos Afonsos, Rio de Janeiro. Ao final de um longo processo de quase 3 décadas a Escola mudou o nome para Academia e em 1971 mudou-se definitivamente para a cidade de Pirassununga.

O Evento

Este ano o tradicional evento contou finalmente com o retorno da Esquadrilha da Fumaça, ausente do circo aéreo por um pouco mais de 2 anos ; neste período os pilotos e mecânicos do EDA fizeram a transição da aeronave T-27 para o A-29.
O resultado foi uma presença recorde na história do evento, com a arrecadação de 19 toneladas de alimentos e o comparecimento de 93 mil pessoas.

A principal atração foi a Fumaça, com seu novo avião, nova pintura e display de apresentação.  Durante o dia a equipe realizou duas apresentações, uma pela manhã e outra ao entardecer, fechando o evento com chave de ouro. Além disso a equipe concedeu uma coletiva de imprensa, onde puderam falar sobre o processo de mudança da aeronave e os desafios impostos.

Gripen NG

Em um dos hangares estava o mockup do novo caça da FAB, o Grippen NG. Esta réplica vem percorrendo o país, sendo exibida com muito sucesso. Na AFA, uma gigantesca fila se formou junto a rampa e tablado montados para visualização do canopy  da aeronave.

BR Aviation se prepara para decolagem                             SU-31

T-6 de Monica Edo                                                                 Caça F-5M da FAB

Carlos Edo, conhecidíssimo piloto e entusiasta trouxe a sua equipe, BR Aviation, formada pelos clássicos aviões Texan T-6 e Beech 18.  Há mais de 3 décadas este argentino radicado no Brasil adquiriu os aviões da FAB, que os desativara. Desde então ele vem se apresentando em shows aéreos , pilotando o T-6 PT-KRC, número 01 de sua esquadrilha e acompanhado da esposa, pilotando o PT-LDQ, 02 da equipe. Completando o “team” vieram o T-6  PT-LDO, o Beech 18 PT-DHI e ainda mais duas aeronaves , estas modernas: Um Sukhoi SU-31e um EA 300 LC . O Beech efetuou lançamento de paraquedistas, que coloriram o céu com seus velames multicor. O Circo aéreo de Carlos Edo se apresentou pela manhã e também a tarde, sempre com a apresentação de todos os componentes. Um grande show!

Muitas outras atrações se revezaram no palco azul celeste durante o dia , encantando a todos com o malabarismo aéreo e a perícia dos pilotos. Um Domingo Aéreo inesquecível!

Esquadrilha de T-25                                                              Equipe Contra-incêndio.

Texto e imagens:  Reinaldo Neves

.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.